sábado, 16 de setembro de 2017

E a dor se vai...


É a dor que aos poucos se vai
E não sinaliza mais emergência de você
Meu coração se preenche de algo inteiramente meu
E a cada dia vai deixando esse sonho de te querer

Por detrás de seus óculos
Vejo olhos ávidos por mudar o mundo
Mas que, infelizmente,
Nunca vai mudar o meu


Raíssa Stèphanie


[8 de junho de 2016]

Maré lançante

Fotografia por Floriano Lima

Sempre fui maré lançante, num transbordar de sentimentos
Hoje meu recipiente não se aguenta de tantas lágrimas
Cheio demais de amor, mas tão vazio de você

Tão logo que ele se quebre, continuarei a sentir sua falta
Mas espero que esse dilúvio passe logo
Para que passadas sejam essas águas e mágoas
E eu, enfim, seja capaz de esquecer você


Raíssa Stèphanie


[13 de março de 2016]

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Quando te vi


Eu me apaixonei pelos teus olhos
Senti uma coisa inexplicável quando te vi
Eu não sei o que vem depois disso
Nem sei como faço para te alcançar

Mas se eu senti é porque vale a pena
Não posso, nem quero ignorar
Não custa nada ser feliz


Raíssa Stèphanie


[20 de fevereiro de 2016]

Sim


Eu não posso voltar no tempo
Mas, se puder permitir, eu tento
Recompensar cada 'sim' não dito a você
Quando eu tive medo de não te merecer


Raíssa Stèphanie


[15 de setembro de 2015]