domingo, 19 de outubro de 2008

É o amor


Através da escrita podemos transpor nossas idéias, sentimentos e momentos. Compor é assemelhar-se a um processo catártico... É revelar, de maneira subjetiva, momentos importantes que ocorrem em sua vida. Assim, posso contar as minhas Histórias de Amor.
Quem nunca se apaixonou? Quem nunca sentiu a maravilhosa sensação do que se é amar?
E as decepções? Quem já passou por elas? E quanto às indecisões? O amor é composto por sensações paradoxais as quais nos deixam passíveis de atitudes inesperadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD