sexta-feira, 17 de julho de 2009

Foi Inevitável


[É o que para você eu não quero admitir
Limito-me apenas a sentir]



Hoje eu acordei chorando
Não sabia o que fazer
Tive um sonho triste
Que eu preferiria nem descrever
E que eu morreria se fosse acontecer

E agora?
Como faço pra falar com você?
Te abraçar, te beijar
Sentir sua companhia

Eu tinha medo de sentir
Tudo isso de novo
Tinha medo de me machucar de novo
De sofrer de novo

Mas foi inevitável

O que faço agora?
Limitei-me tanto a não falar o que sentia
Queria apenas sentir
Mas agora sinto e não consigo mais esconder

Meu bem, eu gosto de você!

Perdoe-me se não estou carinhosa
Perdoe-me se estou deveras fria
Mas as imensas feridas do meu coração
Acho que ainda não cicatrizarão

Meu amor, você é tão imprevisível
Não sei nem como proceder
Mostre-me pelo menos ser compreensível
Com o que agora ousarei a dizer

Meu bem, não dá mais pra esconder...
Ah! Meu bem, não se vá!

Eu gosto muito, muito mesmo, de você!


Raíssa Stèphanie


-- # --

:'(

Sonho tão triste esse que tive.
Não ve
jo a hora de poder te ver.
Se o que eu sonhei realmente acontecer...
Ai meu bem, permita pelo menos eu lhe abraçar pela última vez.
Desculpe por qualquer coisa, meu bem.
Queria muito lhe falar o que eu sinto...
Mas eu não consigoo :s
Não consegui parar de chorar ainda... "/
Quero tanto saber como você está...
Será que você também pensa em mim?

A partir de agora... Eu vou melhorar :)
E meu sentimento vou demonstrar.

Espero que não seja tarde demais.

Torno a perguntar:
Será que você também pensa em mim?

**Realmente o sonho me preparou para o fim...
Bem... eu não morri 'haha xD
Estou bem... Estou melhor do que eu estava...
Enfim... Foi melhor assim...
Agora estou mais feliz o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD