terça-feira, 28 de julho de 2009

Mudaram-se as estações


Não sou de ouro, não sou de prata
Mas muitos dizem que como eles tenho grande valor
Ainda que alguns não tenham me tratado com tal dispor

Meu coração não é de vidro nem de porcelana
Mas de tão frágil já se machucou
E imagine o quanto o amor já o desgastou

E eu, de tão triste, jurei privar-me de novas paixões
Mesmo que minha vida mudasse para outras estações
E eu assim vagando sem felicidade, de antemão
Passei a viver apenas em aflição

Hoje, mudaram-se os tempos, mudou-se a estação
Pensei que continuaria na mesma triste situação
Mas minhas feridas começaram a cicatrizar
E penso ter encontrado nova chance de amar

Não sou de ouro, não sou de prata
Não sou de vidro, nem de porcelana
E, mesmo assim tão machucada,
Espero encontrar quem me valorize
Aquele que realmente me ama


Raíssa Stèphanie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD