segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

É Pedir Demais?



Como será amar?
Como será feliz estar?

A maioria das pessoas são tão superficiais
Não conhecem o amor de verdade
Acham que isso se reduz a aparências

Não! Nunca me amaram mesmo
Não passei de vitrine para mostrar que eles me possuem
Não! Mas não possuem!

E de que valeu amá-los?
De que valeram meus sacrifícios?
As noites (e dias) de choro?

De que valeu?
De que valeu?

Acho que por isso
Acabei não sabendo o que é o amor
Porque tudo o que passei foi ilusão
E agora me sinto mais só do que nunca

Nunca me amaram
Nunca se preocuparam
Só me olhavam
Me contemplavam

Não! Isso não é amor

E quando é que eu sentirei
A verdadeira alegria nos olhos do outro?
Um leve arrepio no corpo do outro?

Quando é que sentirei
A voz trêmula de saudade
Ao escutá-lo pelo telefone?

Quando é que ele estará
me esperando do lado de fora?
A surpreender-me e dizer:
Eu estou aqui, estava te esperando

Quando é que sentirei?
Quando é que amarei?
E muito mais...
Quando é que me amarão?
De verdade

Cansei do culto à aparência
Que eles fazem
Onde está o valor à essência?

Olhem para mim!
Esta sou eu
Não só de carne e osso
Mas de espírito e sentimento

Ser amada... De verdade...
É pedir demais?


Raíssa Stèphanie

Um comentário:

  1. Tambem acredito que o amor é muito mais que aparência,é essência,é algo que não dá pra explicar #)

    ResponderExcluir

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD