quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

A Chuva e Você


Quando a saudade bate em meu peito
Não sei mais o que fazer
A dor se torna tão grande
Que não dá para esconder

Você não está aqui
Para me fazer sorrir
Para que eu possa dividir
O que estou a sentir

Se você não está a me entender
Lembre que a chuva me faz pensar em você

Agora a chuva se tornou um paradoxo em mim
Não sei se choro de saudade
Ou se fico a sorrir
Pois sei que, de alguma forma, você está aqui
Em mim


Raíssa Stèphanie

2 comentários:

  1. ual!*-*
    cara, adorei!
    gostei muito!!

    e senti até uma coisa estranha que não sei comom definir...
    mas foi boa...

    te adoro!!
    ;**

    ResponderExcluir
  2. vc se isnpira muito isso é bem legal!!

    ResponderExcluir

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD