sexta-feira, 23 de abril de 2010

Amado Amigo


Queria compartilhar meu mundo com o seu
Queria conhecer mais e mais sobre seu eu
Terei paciência, mas isso é o que eu quero
Um dia, talvez, isto será permitido a mim

Amado amigo, diga-me o que há
Se há muito ou pouco a esperar
Se haverá progresso
Se haverá o amar

A falta me consome dia após dia
Espero que não seja em vão
Por isso custo a acreditar
Custo a dar nova chance ao coração

Pensei até em desistir
Mas desisto agora deste fim
Dependerá então de ambos
De você e de mim

A princípio, quero que saiba
Que de minha parte interesse haverá
Sua presença me alegra, me conforta
Eu te admiro, te adoro
E prontifico-me a este amor cultivar


Raíssa Stèphanie

Um comentário:

  1. Amigos e amores, amores e amigos, amigos-amores, amopres-amigos! Que fazer sem eles? Como conviver com a inceretza deles?

    (Amei amiga!)

    ResponderExcluir

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD