terça-feira, 13 de julho de 2010

Chora



Chora

Chora tua realidade morta
Tua vida torta
A partida daquele que você mais amou

Chora
Pois nada do que se foi terá volta
Nada mais te resta e não te adiantará a revolta
Pois definitivamente acabou

Chora
Pois é só isso que sabes fazer
E na vida nem tens mais prazer
Chora, como nunca antes chorou

Chora

Mas chora só nestes momentos
Pois há mais o que fazer depois destes tormentos
Depois, ergue-te e recomeça

Limpa tuas lágrimas
Cuida das tuas feridas
Levanta a cabeça
Segue em frente
E não olha mais para trás

Se quiseres voltar
Estarás como antes a fraquejar
E novamente cairás

Então chora só agora, triste criatura
Mas não permanece a te afundar nessa amargura

E faz um favor à humanidade
Volta a sorrir com aquela tua espontaneidade


Raíssa Stèphanie

14 comentários:

  1. Isso, chora e volta ao teu estado de espírito natural.

    "E faz um favor à humanidade
    Volta a sorrir com aquela tua espontaneidade" ;****~

    ResponderExcluir
  2. [choraRaíssa *-*

    Te superaste viu! Ameei (x

    ResponderExcluir
  3. é esse o caminho Císsa! muito bom!

    ResponderExcluir
  4. Perfecto !
    #choraRaíssa

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, muito lindo!!! Amei *-*

    ResponderExcluir
  6. Nossa que lindo!!!
    "E faz um favor à humanidade
    Volta a sorrir com aquela tua espontaneidade"
    Esse fim, foi tudo!!!
    Perfeito! Parabéns

    ResponderExcluir
  7. Porra, eu juro que chorei .
    Esse poema é tão perfeito *-*'

    ResponderExcluir
  8. Nossa ! Parabéens, fico lindo *--*

    ResponderExcluir
  9. nossa , que forte !
    forte e perfeito (;

    ResponderExcluir
  10. obrigada pela visita e pelo comentário!

    meu sling eu comprei aqui:
    www.babyslings.com.br

    bjo.

    ResponderExcluir

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD