quinta-feira, 17 de novembro de 2011

"O amor perdoa, José"


Eu sei que o tempo e a distância
contribuiram com o nosso afastar
Eu sei que as possibilidades são poucas
para que você possa voltar

Eu sei...
Eu sei que já nem sei
se este amor há de vingar
Esperanças muito alimentei
E de você muito esperei
Esperanças todas em vão

Por que aceitaste meu coração?
Correspondeste-me, bem me lembro
Mas ainda te espero, já quase em dezembro

Se é possível que queiras e possas me amar
Então, por favor, queira logo voltar
Pois, ainda que tudo o que houve me doa,
você sabe, meu bem, que o amor tudo perdoa


Raíssa Stèphanie


- - # - -


Saudade sufoca
Saudades do Joca

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Que Eu Morra Então



O meu destino foi você mesmo que revelou
Que eu morreria de tanto amor
E adoeceria com esta dor

Antes então que não me falasse nada
Que não me fizesse sentir amada
Mas foi você mesmo que em mim expectativas criou

Se for pra morrer
Que eu morra logo por dentro
Decretou-se que morrerei por este desalento
Que pelo resto de minha vida estaria a sofrer

Se é mesmo meu destino
Que logo logo eu venha a morrer

Se não posso tocar no seu coração assim
Então por que fez isso em mim?

Se o centro de teus versos não fui eu
Por que não me esclareceste com um adeus?

Que eu morra então
Já não vejo utilidade para o meu coração


Raíssa Stèphanie