segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Também tente me entender

Sei que o tempo não é propício
Pra deixar meus resquícios
De amor por você

Sei que foi dura sua estrada
Eu também fui deveras maltratada
Por cultivar sincero amor

Mas também sei
Que o tempo não pára
Um dia a ferida sara
E há nova chance de vencer

Pode não ser eu
Pode não ser você
Mas não precisa desistir do querer
Precisa cultivar para merecer
Ser feliz quando houver oportunidade de ser

Sei que não posso avançar tão depressa
Sempre há tempo quando cada parte se interessa
Sempre há chances de VOLTAR A VIVER

Então tenha certeza que os entraves, ocupações
E as responsabilidades eu até entendo
Só o que não consigo é ficar escondendo
O que eu sinto por você

Olhe...
Não sou menina tola
Não declaro amor à toa
Não tenho sede de só querer

Cultivo real sentimento
Não só companhia de momento
Não só em momentos bons transmitir carinho
Quero mais é um concreto ninho

Não decida por mim
Continuarei seguindo teus passos
Já criaram-se os laços
Por isso vou te esperar, sim

Uma coisa a mais te peço
Quando não estiver tão ocupado
Quando houver o momento certo
Deixe-o pra mim reservado

Já disse que quero cada vez mais te conhecer
Então quando isso puder acontecer
Lembre que o que mais espero
É poder estar ao seu lado


Raíssa Stèphanie

Um comentário:

  1. "Uma coisa a mais te peço
    Quando não estiver tão ocupado
    Quando houver o momento certo
    Deixe-o pra mim reservado"

    Quero o mesmo! ;*~

    ResponderExcluir

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD