quinta-feira, 17 de novembro de 2011

"O amor perdoa, José"


Eu sei que o tempo e a distância
contribuiram com o nosso afastar
Eu sei que as possibilidades são poucas
para que você possa voltar

Eu sei...
Eu sei que já nem sei
se este amor há de vingar
Esperanças muito alimentei
E de você muito esperei
Esperanças todas em vão

Por que aceitaste meu coração?
Correspondeste-me, bem me lembro
Mas ainda te espero, já quase em dezembro

Se é possível que queiras e possas me amar
Então, por favor, queira logo voltar
Pois, ainda que tudo o que houve me doa,
você sabe, meu bem, que o amor tudo perdoa


Raíssa Stèphanie


- - # - -


Saudade sufoca
Saudades do Joca

13 comentários:

  1. E tu és boboca
    Pois tens saudade do Joca.

    KKKKKK

    ResponderExcluir
  2. É verdade, o amor tudo perdoa.
    Lindo, lindo, flor!!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Fiquei muito feliz em conhecer o seu blog.
    Gosto muito de ler textos e poemas, isso faz com que eu cresça cada dia mais.
    A vida se torna interessante, à medida que encontramos pessoas como você.
    Grande abraço
    Se cuida

    ResponderExcluir
  4. O Joca que é um Boboca, pois não te toca do quanto você o ama, minha amiga dondoca, que Joca boboca!


    ;*

    ResponderExcluir
  5. adorei o sentimento qu vc coloca nas palavras
    maravilhoso

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo seu talento : e oq deus te deu vai em gerente..

    ResponderExcluir
  7. ``Apaxonada Pelos Sentimentos``
    GABRIELA GOMES

    ResponderExcluir
  8. Oi foi vc que fez esse poema???? Posso copiar e fazer uma masica ???????

    ResponderExcluir
  9. Otimo amei ...
    Pipipipi .... Sentimento: "Completamente Apaixonada" <3<3

    ResponderExcluir
  10. Lindo o amor tudo perdoa ... ;-)

    ResponderExcluir

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD