domingo, 18 de novembro de 2012

Será Mesmo?




Talvez eu tivesse apenas esperando
Que você se esforçasse
Que você valorizasse
Tudo o que aconteceu

Talvez fosse a profunda mágoa
De seu abandono
De seu descaso
De seu orgulho exacerbado

Que amor é esse?
Que diz ser
Sem realmente ser

Que amor é esse?
Que não luta
Que não tenta se exprimir

Que amor é esse?
Será mesmo uma grande vaidade?
Tão imensa a ponto de não combater
Meu orgulho e também minha vaidade

Será mesmo amor
Esse que se contenta com saudade?
Será mesmo sentimento
Esse que machuca e aprofunda as feridas?

Será mesmo o amor
Esse teu que não te apresenta saídas?


Raíssa Stèphanie

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Não é amor




Não é amor
Se você prende
Se você sufoca
Se você desgasta
Se você controla

Não é amor
Se você machuca
Se você chantageia
Se você vai
Se você ignora

Não é amor
Se você faz descaso
Se você não respeita
Se você não apoia
Se você rejeita

Não é amor
Se você não tenta
Se você desiste
Se você não luta
Se você não melhora

Não é amor
Nem nunca foi
Se você continua covarde
Saiba que fiz minha parte
Mas de você nada mais vou esperar

Não é amor
Nem nunca será
Você manteve seu medo
Guardou seu amor em "segredo"
Tampouco quis se esforçar

Não é amor
Foi só uma vaidade
Que você quis cultivar


Raíssa Stèphanie