quinta-feira, 19 de março de 2015

Meu Adeus



Não quero ficar aos prantos
Por alguém que vive a se fingir de santo
E não busca o seu por merecer

Não me chame mais de sua
Não mais circularei pela tua rua
Dispenso este amor
Que em mim se forçou a florescer

Não siga mais meus passos
Recuso-me a receber teus abraços
Resta-me apenas te esquecer

Esperei tanto sua melhora e isso cansa
Não me prenda mais a esta aliança
Pois o amor não se alimenta só de querer



Raíssa Stèphanie


      --- # ---              --- # ---



Escrito em dezembro de 2014, mas sua mensagem se concretizou só agora.

-

Apesar dos pesares, reconheço o bem que tentou fazer e agradeço.
Não esqueça, você nunca deixará de ser pai. Por direito e por merecimento também.
Adeus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD