sábado, 27 de fevereiro de 2016

Vazio





Está doendo tanto
Não vai se sanar em prantos
Sinto um enorme vazio
Em meu peito, escuridão e frio

É tão complicado amar
Não é simplesmente querer um par
Esperar é um enorme martírio
Sinto-me adormecer em delírios

Dói até respirar
Quando é que este tormento vai acabar?
Sinto-me viva, meu coração voltou a bater
Mas estar sem você é como se eu estivesse a morrer


Raíssa Stèphanie

Um comentário:

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD