quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Pensée




O que esperar desta flor
Que começa a nascer?
Algo tão singelo e real
Que ainda nem consigo crer

Primavera que brota em meu peito
E não teme em crescer
Já há amor em meu jardim
E eu não consigo esconder


Raíssa Stèphanie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta, vai... ._. O dedo não cai, não. xD